QUESTIONÁRIO MORFOSSINTÁTICO – QMS: ANÁLISE DAS VARIAÇÕES NA FALA DOS VENDEDORES NO COMPLEXO DO VER-O- PESO

Aline Silveira Machado

Resumo


De acordo com os pressupostos indicados pela sociolinguística variacionista de Labov (2008), é importante destacar que a língua muda bem mais rapidamente através da fala, nesse sentido, pode-se ocorrer determinadas predileções dos falantes pelo uso dos verbos e advérbios em distintos contextos, tanto na escrita como na oralidade. Nesse sentido foi coletado uma amostra com 4 trabalhadores do complexo do Ver-o-Peso, em Belém do Pará. Foi utilizado o Questionário Morfossintático – QMS, proposto pela ALiB (2001), com as perguntas dos verbos e advérbios. Foram sistematizados os seguintes fatores: gênero do falante, escolarização, papel do falante, sentido do verbo, indeterminação do sujeito do verbo, locução verbal, tipo de sequência e tempo verbal. Este trabalho aplicou o método Geolinguístico, utilizando os conceitos gramaticais e relacionando-os com o falar dos sujeitos escolhidos para a pesquisa.


Palavras-chave


Variação linguística. Variação morfossintática. Geolinguística.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista Movendo Ideias está indexada nos diretórios e bases que seguem: 

                   

 


 

ISSN (on-line): 2675-3162
ISSN (impresso): 1517-199x