A VOZ NA PSICANÁLISE: UM TRAJETO DA VOZ COMO UNIDADE NO DISCURSO PSICANALÍTICO

Thiago Barbosa Soares

Resumo


Este artigo tem por objetivo compreender os sentidos da voz e como esses são construídos e disseminados no campo da Psicanálise. Entre o que se diz da voz nessa área do saber e em outras searas pode existir diferenças, mas os (efeitos de) sentidos da voz criados a partir da mobilização da instância do discurso sempre se remetem ao sujeito da/para voz. Portanto, investigar os mecanismos de produção dos sentidos da voz enseja uma via de acesso analítico para a não transparência da materialidade da voz e para sua virtualidade não evidente. Visando o traçado desse caminho, analisaremos o como e o que se diz da voz na Psicanálise mediante uma pesquisa bibliográfica de cunho qualitativo. Para tanto, empregaremos o aparato teórico-metodológico oriundo da Análise do Discurso, norteado pela noção de unidades de discurso oriunda da arqueologia foucaultiana, em variadas produções textuais que apontam para a voz no interior da constituição do discurso psicanalítico.


Palavras-chave


Voz. Sentido. Psicanálise. Discurso. Unidades de discurso.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

A Revista Movendo Ideias está indexada nos diretórios e bases que seguem: 

                   

 


 

ISSN (on-line): 2675-3162
ISSN (impresso): 1517-199x